Missionários
Claretianos Brasil

home » Evangelho Meditado

Evangelho Meditado

Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022

Tema: São Fabiano, Papa e Mártir e São Sebastião, Mártir (Memórias facultativas)

1Sm 18,6-9; 19,1-7: Saul, meu pai, procura matar-te.

Sl 55, 2-3. 9-10ab. 10c-11. 12-13 (R. 5bc): R. É no Senhor que eu confio e nada temo.

Mc 3,7-12: Os espíritos maus gritavam: 'Tu és o Filho de Deus!' Mas ele ordenava severamente para não dizerem quem ele era.

Naquele tempo: Jesus se retirou para a beira do mar, junto com seus discípulos. Muita gente da Galileia o seguia. E também muita gente da Judeia, de Jerusalém, da Idumeia, do outro lado do Jordão, dos territórios de Tiro e Sidônia, foi até Jesus, porque tinham ouvido falar de tudo o que ele fazia. Então Jesus pediu aos discípulos que lhe providenciassem uma barca, por causa da multidão, para que não o comprimisse. Com efeito, Jesus tinha curado muitas pessoas, e todos os que sofriam de algum mal jogavam-se sobre ele para tocá-lo. Vendo Jesus, os espíritos maus caíam a seus pés, gritando: 'Tu és o Filho de Deus!' Mas Jesus ordenava severamente para não dizerem quem ele era.

Comentário

Uma multidão seguia Jesus. Talvez não seja uma multidão como aquela que sempre imaginamos quando lemos o texto ou vemos no cinema, mas é uma cena que se repete: muitos o seguem porque encontram em Jesus a certeza de se libertarem das forças que os oprimem, pessoalmente - no que seja físico, psicológico ou espiritual - ou comunitariamente. O relato de hoje nos lembra que não importa o tipo ou poder do mal (espíritos imundos); sempre, pela Palavra do Filho de Deus, poderemos nos libertar e nos regenerar.O desafio está na fé e no seguimento da causa que liberta e humaniza, restaurando a vitalidade; e segui-lo a ponto de dizer: "Eu não vivo, é Cristo que vive em mim" (Gálatas 2, 20). Ser e agir como Jesus será a chave, então, para resistir aos ataques ferozes do mal, sejam eles quais forem. Que forças do mal em seu ambiente enfraquecem e ameaçam a vida? Como você pode ajudar na missão de Jesus de curar e libertar as pessoas oprimidas?

Santo do Dia

S. Sebastião

séc. III ? mártir ? \"Sebastião? significa \"augusto, magnífico,  
venerável?. É o patrono dos arqueiros, atletas, soldados, guarda-civil

Natural de Milão ou de Narbone, Sebastião já havia se convertido à fé cristã quando foi nomeado capitão da Guarda Pretoriana pelo imperador Diocleciano, mas o fato só foi conhecido durante a perseguição aos cristãos. Preso e condenado à morte, os arqueiros o amarraram a um tronco e o crivaram de flechas. Os cristãos recolheram o corpo ainda com vida e cuidaram dele. Recuperado dos ferimentos, começou a denunciar abertamente os crimes cometidos contra os cristãos. Indignado, Maximiano condenou-o à morte (c. 304). É invocado com a seguinte oração:
Onipotente e eterno Deus, que pelos merecimentos de S. Sebastião, vosso glorioso mártir, livrastes os vossos fiéis de doenças contagiosas, atendei as nossas humildes súplicas para que, recorrendo agora a vós, na nossa necessidade a fim de alcançar semelhante favor, mereçamos, por sua valiosa intercessão, ser livres do flagelo da peste e de toda moléstia do corpo e da alma. Por Jesus Cristo , Senhor nosso. Amém.

Calendário - Serviço Bíblico